segunda-feira, 12 de outubro de 2009



O AMOR NAO SE MEDE COM O TEMPO.
SE ASSIM FOSSE ESTARIAMOS SEMPRE EM DEFICE COM AQUELES QUE AMAMOS...
E, QUE ESTA VERDADE QUE ACABEI DE OUVIR AGORA EM TOM DE CONSOLO, ME SIRVA PARA ALIVIAR OS PESOS QUE AS VEZES CARREGO COMIGO E COMPLICO.
NÃO ESTÁ NUNCA EM CAUSA: ADORO A MINHA MÃE..MAS TEM DIAS QUE ESTOU TAO CANSADA...SEM FORÇAS, SEM ENTUSIASMO, SEM NORTE PARA ENFRENTAR O SEU SOFRIMENTO...DE CADA VEZ QUE CHORO, FICO TAMBEM MAIS FORTE.
OBRIGADA INES PELA PALAVRA MAGICA NO TEMPO CERTO....

2 comentários:

starman disse...

De medidas sei pouco. Aliás do resto também não sei muito mais, mas ver esta fotografia, que é uma partilha sem tamanho, prova maior de um amor sem limite, de um dever a ser cumprido, lembra que momentos que se eternizam - afinal felizmente porque o que vem depois não nos é melhor apesar de mais leve - e que nos fazem sofrer por não querermos ver o sofrimento de quem gostamos, leia-se amamos, ver esta imagem dizia, dá-nos a real dimensão da vida e do que nos traz. É, ainda, prova, da capacidade tua, e talvez necessidade, para que compreendamos insodáveis sentimentos. A força que vem do que te sei caro e que, sem perguntas, mostras, traz-nos quem és. No teu melhor Catarina.
Obrigado pela lição.

Desculpa sair tão mal escrito, mas perante isto, nem sei como diga o que gostava de poder dizer.

rootsandwings disse...

es lindo miguel por me veres assim, nao por ser eu, mas por descobrires tanta beleza no sofrimento que as vezes nos faz impotentes, e minimizares a minha dor de agora com as palavras que me deixas...viver é mesmo ser amado. assim.obrigada